Gramática

Armei uma arapuca

no meu coração,

pra pegar palavras à toa.

Peguei três

e fiz uma frase:

“Deus é Amor.”

Um verbo

e dois substantivos.

Ou seriam dois verbos

e um substantivo?

Ou talvez três Verbos?

Dúvidas gramaticais!

Respostas celestiais:

“Deus” é Verbo.

“é” é Verbo.

“Amor” é Verbo.

A Gramática do

céu é simples.

Nós é que

gostamos de complicar!

O fato é que

o Verbo fez-se carne

e gramaticou entre nós.

 

Por Alexandre Sousa

alexhrsousa@gmail.com

@alexhrsousa

www.facebook.com/EscrevendoSemeando

www.escrevendoesemeando.com

Comentários: (0)

Categoria: Alexandre Sousa, Mensagens

Feliz Dia dos Namorados!

“Ainda que eu falasse línguas, as dos homens e dos anjos, se não tivesse amor, seria como sino ruidoso ou como címbalo estridente.
Ainda que tivesse o dom da profecia, o conhecimento de todos os mistérios e de toda a ciência; ainda que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tivesse amor, nada seria.
Ainda que eu distribuísse todos os meus bens aos famintos, ainda que entregasse o meu corpo às chamas, se não tivesse amor, nada disso me adiantaria.
O amor é paciente, o amor é prestativo; não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho.

Nada faz de inconveniente, não procura o seu próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor.
Não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade.
Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais passará. As profecias desaparecerão, as línguas cessarão, a ciência também desaparecerá.

Pois o nosso conhecimento é limitado; limitada é também a nossa profecia.
Mas, quando vier a perfeição, desaparecerá o que é limitado.
Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Depois que me tornei adulto, deixei o que era próprio de criança.
Agora vemos como em espelho e de maneira confusa; mas depois veremos face a face. Agora o meu conhecimento é limitado, mas depois conhecerei como sou conhecido.
Agora, portanto, permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. A maior delas, porém, é o amor.”

- I Corintios, 13

Comentários: (0)

Categoria: Católicos - Via Lumina, Mensagens

Mãe

Mãe é coisa inventada por Deus,

que é cheio de invenções.

Criou quando ainda pairava sobre as águas,

lá no começo de tudo,

e viu que era muito bom.

Gostou tanto da ideia que criou uma pra Ele.

Caprichou na feitura,

que só ficou pronta quando o tempo encheu-se de plenitude,

lá para as bandas de Nazaré.

Esperou algum tempo pra ganhar seu primeiro cafuné.

E pra não deixar menino esperando,

resolveu inverter a ordem das coisas.

Mãe agora vem primeiro,

pois mãe é quem gosta de esperar.

E espera por nove meses,

assistindo a barriga inchar.

Inchaço de Amor!

E Deus inchado de orgulho,

contemplando a maravilha que criou.

Ele que entende do assunto,

pois sempre foi Mãe, sendo Pai Criador.

 

Por Alexandre Sousa

alexhrsousa@gmail.com

@alexhrsousa

www.facebook.com/EscrevendoSemeando

www.escrevendoesemeando.com

Comentários: (0)

Categoria: Alexandre Sousa, Mensagens