Filme: Pra sempre vencedor

Nota: ★★★★★

Rick Penning vive sua vida da mesma forma que joga rugby: rápida, forte e intensamente. Quando ele vai parar na prisão devido a um acidente de trânsito, conhece Marcus Tate, que lhe oferece a chance de voltar a jogar pelo seu antigo time rival. Relutante, Rick decide entrar para o time e deve passar por uma forte rotina de treinamentos e duras normas de conduta impostas pelo novo treinador. Rick então precisa enfrentar uma grande prova de fogo ao ter que enfrentar o atual time campeão que é treinado justamente pelo seu pai.

Filme muito bom, fantástico!!!! É uma lição de vida que nos leva a refletir que mentalidades formam pessoas e definem sua trajetória de vida e quando tudo isso é submetido à luz cristã, o milagre acontece: somos novas criaturas…

O filme aborda de maneira bem direta e clara o relacionamento em família, as relações e conflitos entre os jovens e principalmente, a didática cristã de um técnico que não olha para seus jogadores como simplesmente um jogador, mas como uma pessoa que precisa ser acompanhada, ouvida, abraçada e amada, pois só assim, estando bem, fará o melhor naquilo que for designado.

A disciplina imposta pelo time, não só reflete uma linha de pensamento, mas uma meta de vida.

Perfeito o filme….

Deus os abençoe e bom filme!!!

Fabiano Medeiros

Comentários: (0)

Categoria: Cinema, Fabiano de Medeiros

Filme: 127 Horas

Nota: ★★★★★

Tivemos a oportunidade de assistir a este filme neste final de semana e confesso ter sido um dos melhores que assisti. Um filme magnífico pelo seu realismo, autenticidade nas gravações e cenas e uma espetacular (DIGNA DE OSCAR) do ator James Franco.

A mensagem do filme é muito pertinente aos nossos dias e a nossa caminhada cristã. Muitas vezes nos vemos envolvidos por nosso orgulho e nos isolamos de tudo e todos em uma busca insólita de sermos o precursor de tudo em nós e nossa vida. Mas Deus permite que situações, até mesmo extremas, nos aconteçam e assim possamos parar, silenciar, escutar e termos a convicção de que somos necessitados de Deus e dos irmãos.

 

 

Comentários: (0)

Categoria: Artigos, Cinema, Fabiano de Medeiros

A Travessia da Serra Que Chora

Um dos filmes brasileiros com temática religiosa mais bonitos que já vi e recomendo muito! É um filme sobre Nossa Senhora Aparecida (Nossa mãe e padroeira do Brasil), mas que não conta especificamente sobre a história da santa, de como a imagem foi achada, etc. O filme é mais sobre como a Mãe Aparecida, através de sua intercessão junto a Deus, pode fazer as nossas vidas tomarem novos rumos, mesmo que a gente tenha errado muito na vida.

Esse filme foi lançado no dia 12 de outubro de 2008 e é o primeiro filme católico gravado em High Definition (HD – Alta Definição) em uma parceria inédita entre as TVs Aparecida e Século 21. Duas grandes emissoras educativas promovem um trabalho em conjunto desenvolvendo e valorizando a dramaturgia e a qualidade das produções brasileiras. Pela primeira vez na história duas emissoras católicas se unem para realizar um filme. E foi com alegria que a TV APARECIDA E TV SECULO 21, realizaram em conjunto uma produção muito especial. Quer saber mais sobre o filme?

Comentários: (2)

Categoria: Cinema, Juliana Menegussi

Dica de Filme: Pra Salvar Uma Vida

O filme cristão Para Salvar uma Vida foi sucesso de bilheteria nos EUA, arrecandando mais de 2,5 milhões de dólares, sendo sucesso entre os jovens e adolescentes norte-americanos, devido a sua história inspiradora.
O filme conta a história de Jake Taylor, um jovem que tem tudo: fama, uma bolsa de estudos pelo time de basquete, a namorada que era a garota mais desejada do colégio.

Por outro lado, Roger Dawson não tinha nada. Não tinha amigos nem esperança. Roger sempre era humilhado e deixado de lado. O que poderia ser pior.

Jake e Roger eram melhores amigos quando crianças, mas a popularidade de Jake os afastou, uma vez que Roger não era tão despojado quanto Jake.

Roger não mais se adequava ao estilo de vida de Jake ou de qualquer outro grupo de pessoas. Isto foi o fim do mundo para Roger, o que o fez levar uma arma para a escola, escondida em sua mochila. Magoado com seu estilo de vida, ele tomou uma trágica decisão: tirar a sua própria vida.

Comentários: (0)

Categoria: Cinema, Juliana Menegussi

O Caminho da Graça

Onde Estavas quando lancei os fundamentos da terra. Com essa pergunta de Deus à Jó (38,4), o diretor Terrence Malick abre “A árvore da Vida” (The Tree Of Life, EUA, 2011). O filme ganhou a Palma de Ouro em Cannes neste ano e despertou opiniões acaloradas e divergentes entre seus espectadores.

Jack (Sean Penn), um homem de meia idade angustiado, reflete sobre sua infância em meados dos anos 50, quando vivia com seus pais e dois irmãos na cidade de Waco, Texas (E.U.A.). Em meio a lembranças, a história de Jack confunde-se com a história do universo: os pensamentos do protagonista fluem entre imagens de galáxias, dinossauros e grandes forças da natureza. A amargura de Jack, o sofrimento e a sensação de impotência que surgem em momentos de perda e repressão refletem as próprias questões humanas. Nos percalços, segundo o filme, existem dois caminhos a seguir: o caminho da natureza e o caminho da graça, sendo que este último é o que nos conduziria ao verdadeiro amor.

No filme, a natureza é representada pelo pai (Brad Pitt), um homem sério e rigoroso. A graça vem na figura da mãe (Jéssica Chastain), sensível, delicada e carinhosa.

Comentários: (0)

Categoria: Católicos - Via Lumina, Cinema

Até onde a Fé pode nos levar?

Você talvez já tenha se emocionado ouvindo “O Lago dos Cisnes”, de Tchaikovsky. Na trilha sonora da minha vida, essa música tem lugar especial. Escutá-la no filme Homens e deuses comprovou essa minha afirmação.

O filme é uma produção francesa que retrata a vida simples de uma comunidade de monges cistercienses franceses num povoado da Argélia. O ritmo é lento; porém, dessa forma, o diretor Xavier Beauvois nos convida a conviver com aqueles monges em seu estilo de vida.

Comentário: (1)

Categoria: Católicos - Via Lumina, Cinema